Cícero, denunciando Catilina no Senado

Cícero, denunciando Catilina no Senado

26 abril, 2007

Pitecantropos



Estes senhores fazem isto e não há buscas às sedes do BE e do PCP e nem a apreensão de um ou outro livrinho?

4 comentários:

dragão disse...

Meu caro Kzar,

respondo-lhe aqui, aproveitando para lhe fazer uma visita.
Imponderáveis levaram a um atraso inesperado. Mas posso afiançar-lhe, em primeira mão, que a partir da próxima segunda-feira, começará a distribuição pelo correio. De certeza absoluta (salvo se o Mundo acabar até lá, o que também não era má ideia).

Quanto ao seu postal, lembre-se que a violência de esquerda, por mais extrema que seja, é sempre benigna, benemérita e merecedora de infinita compreensão.

Saudações labarédicas e boas blogações.

Anónimo disse...

Pois...
Ao cabo e ao resto, a manifestação (e com ela o gamanço, os danos, os insultos e agressões a transeuntes e polícias e a pichagem das paredes) era "pela liberdade e contra o racismo" (parece que também "contra a globalização"), logo, era santa, era boa e era justa. Representava o exercício pelos "jovens" do seu (deles) indeclinável "direito à indignação".
Sic transit gloria mundi

Anónimo disse...

E para compor o cenário, lá veio agora a IGAI anunciar, tranquilizadora das almas puras que Abril abriu, o competente inquérito à actuação da PSP, suspeita de violenta e excessiva. Coitadinhos dos meninos, a comemorarem o dia da Liberdade com uns inocentes vandalismos, logo vem a polícia mázona distribuir-lhes umas castanhadas anti-democráticas...

Z disse...

Voçês estão a exagerar...a esquerda está moribunda!