Cícero, denunciando Catilina no Senado

Cícero, denunciando Catilina no Senado

16 dezembro, 2007

Enigma, ou a tal rúbrica orçamental

Diz a revista Visão, de 13/12/2007, que o Ministério da Educação acaba de contratar João Pedroso, irmão do ex-deputado Paulo Pedroso (aquele que como arguido do caso Casa Pia, depois de sair da cadeia por suspeita de crimes de abuso sexual de crianças, foi recebido em apoteose na Assembleia da República) para, a troco de uns singelos 20 000,00 € por mês, fazer um trabalho de levantamento e compilação da legislação produzida pelo Ministério da Educação. Até parece que o dito Ministério não tem umas centenas de juristas capazes, cada um deles, de fazer o mesmo trabalho a custo zero! Se assim é (o que parece indesmentível), o que justificará esta contratação?



6 comentários:

JFMN disse...

Este «camarada» não pertence à turma do intrépido BSS? ahh, está tudo explicado.

Kzar disse...

Perguntas para quê?
Palavras para quê...

Anónimo disse...

Tens toda arazão, Pilobolus. de facto é escnadaloso. Eu só não sei o que tem esse assunto a ver com o processo do irmão do Pedro Pedroso...

Orlando Furioso disse...

Aí o Sr. Anónimo das 9.52 não sabe? E nem sequer imagina? Pois eu cá tenho uma vaga idéia... parece-me que a maltosa nunca deixa os comparsas completamente para trás.

Josefina disse...

Isso de compilar leis ... é coisa que qualquer papagaio mais ou menos amestrado faria. Por 20 000€ mensais eu até era capaz de fazer uma compilação, uma colectânea, com todos os aldrabões deste país.

Anónimo disse...

Rúbrica, não. Rubrica, sim. Ler consoante se escreve. Em caso de dúvida, consultar um dicionário.